Categoria Tratamentos

“Vacina contra o cigarro” bloqueia a nicotina no cérebro de ratos

camundongo

Fumantes poderão um dia ser imunizados contra a nicotina para que deixem de sentir prazer com o hábito, segundo pesquisadores nos Estados Unidos.Os especialistas do Weill Cornell Medical College, em Nova York, criaram uma vacina que leva o organismo do vacinado a produzir anticorpos que atacam a nicotina.

Prevalência e cessação do tabagismo entre pacientes internados em um Hospital Universitário de Curitiba

ACS

O estudo do pneumologista Rodney Luiz Frare e Silva e seus colaboradores da Universidade Federal do Paraná teve como objetivos principais determinar a prevalência do tabagismo, bem como, as taxas de aconselhamento para a cessação do tabagismo, em um grupo de pacientes internados em um hospital universitário.Além disso os pesquisadores compararam a carga tabágica entre fumantes e ex-fumantes.

Medicamento ajuda a parar de fumar e beber ao mesmo tempo

bebeefuma

Alcoolistas que fumam têm mais dificuldade para parar de beber. Pensando nesse grupo, pesquisadores da USP estudaram o topiramato, droga usada para tratar enxaqueca e epilepsia, e verificaram que ele ajuda alcoolistas a fumar e beber menos — mesmo que não desejem interromper o fumo durante o tratamento contra álcool.“Muitos dos dependentes não querem parar as duas drogas ao mesmo tempo”, diz o psiquiatra Danilo Baltieri, responsável pela pesquisa.

Champix aumenta o risco de complicações cardiovasculares, diz estudo

champix

O medicamento Champix, prescrito para quem quer deixar de fumar, apresenta riscos cardiovasculares significativos, segundo um novo estudo, o qual foi criticado pelo laboratório Pfizer, que comercializa o produto.Segundo o estudo publicado na revista científica Canadian Medical Association Journal  e realizado com 8.000 pessoas que, em geral, não têm problemas cardíacos, o uso da vareniclina (comercializada com o nome Champix) “está associado a um risco crescente de 72% das hospitalizações por acidentes cardiovasculares graves como um ataque ou uma arritmia cardíaca”.

Terapia cognitivo comportamental é efetiva em gestantes que fumam

A26

A terapia cognitivo comportamental, uma modalidade de psicoterapia, pode reduzir a exposição aos derivados do tabaco entre gestantes afrodescendentes, diminuindo o percentual de complicações relativas ao parto das mesmas.Para testar a eficácia da terapia cognitivo comportamental pesquisadores de Washington (Estados Unidos) avaliaram 691 mulheres grávidas, no período entre 2001 e 2004.